Pavimentação da Rodovia do Turismo, em Bonito, avança e será concluída em julho

Com acesso a balneários banhados pelo Rio Formoso, propriedades rurais e também a bairros que estão em expansão com a chegada de infraestrutura, a Rodovia do Turismo começa a ser pavimentada pelo Governo do Estado, atendendo a uma reivindicação antiga das lideranças políticas, do trade turístico e da população de Bonito. A primeira etapa da obra, totalizando 2,3 quilômetros, será concluída no final do mês de julho.

O projeto inclui mais 8,9 quilômetros da estrada vicinal, até a ponte da Poliana, já em processo de licitação. Nesta primeira fase, estão sendo aplicados recursos próprios do Estado, (Fundersul) no valor de R$ 2,5 milhões, compreendendo o trecho entre o Hospital Darci João Bigaton (MS-178) e a Ponte do Matheus (Córrego Bonito), incluindo a Avenida Matheus Muller. Foram implantados ainda 1,5 quilômetro de rede de drenagem de águas pluviais.

Avenida Matheus Muller ganha novo aspecto com a chegada de infraestrutura, valorizando bairros em expansão
A pavimentação da Rodovia do Turismo, por onde passam mais de 200 mil turistas ao ano, faz parte de um pacote de obras já entregues e em execução pelo Governo Presente e Municipalista, visando ampliar a infraestrutura de Bonito para garantir qualidade de vida à população e facilitar o acesso dos visitantes a um dos principais destinos mundiais de ecoturismo. O asfalto garantirá, ainda, segurança e eliminará poeira e atoleiros.

Segurança e competitividade

“Cartão postal e referência no ecoturismo mundial, Bonito recebe uma atenção especial desde o início do nosso governo, dentro de um projeto de integração dos destinos turístico”, afirma o governador Reinaldo Azambuja. “A MS-178, por exemplo, foi toda pavimentada, interligando os municípios de Jardim, Bonito e Bodoquena. Estamos avançando na vacinação e precisamos estar preparados para a retomada do nosso turismo, de forma segura.”

Para o prefeito de Bonito, Josmail Rodrigues, a pavimentação da Rodovia do Turismo é um presente para a cidade, acentuando que o município tem recebido inúmeros benefícios do Governo do Estado em todas as áreas e, em especial, no setor de logística, fundamental para movimentar o turismo e escoamento da produção agrícola, em expansão. “O governador Reinaldo Azambuja tem olhado com carinho para a nossa região”, disse.

Processo de imprimação, última etapa para a rodovia receber a implantação da lava asfáltica: obra dentro do prazo
Ao destacar que o governo atual é o que mais investe em infraestrutura para atender os destinos turísticos de Mato Grosso do Sul, o diretor-presidente da Fundação de Turismo de MS (Fundtur), Bruno Wendling, realça que garantir acesso é essencial para desenvolver o setor e torna-lo mais competitivo. “A pavimentação da Rodovia do Turismo contempla alguns dos melhores passeios de Bonito e fortalece o destino, fundamental nessa retomada”, aponta.

Mais asfalto e recapeamento

O pacote de obras de infraestrutura do Governo do Estado em Bonito e região ainda inclui o asfaltamento de 100 quilômetros a rodovia MS-345, entre a cidade e Anastácio – conhecida como “Estrada do 21” -, cuja licitação de dois lotes teve início no dia 15 de junho. O investimento vai reduzir em 80 quilômetros a distância entre Bonito e Campo Grande. A MS-345 integra o distrito de Águas de Miranda, importante polo de pesca esportiva.

Outra obra rodoviária de grande relevância é o recapeamento de 52 quilômetros da MS-382, entre Bonito e Guia Lopes da Laguna/Jardim, com investimentos de R$ 50,2 milhões. A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) assinou os contratos de dois lotes e deverá autorizar início da obra na primeira semana de julho. A rodovia é considerada a principal via de acesso a Capital do Ecoturismo, a partir de Campo Grande.

Primeiro trecho de pavimentação se estende por mais de dois quilômetros; segunda etapa em licitação
Obra muda cenário urbano

“Acreditamos que o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul acontece a partir dos investimentos nas cidades em infraestrutura. Por isso, o Estado segue parceiro com os municípios, destinando recursos para todos os setores. As obras em rodovias ajudam no turismo e no escoamento de grãos”, afirma o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, citando o asfaltamento da Rodovia do Turismo como estratégico.

Essa obra tem prazo para ser concluída em 30 de julho, conforme garante o engenheiro Milton Marin Rodrigues, dono da empreiteira Rainha Construtora, melhorando o acesso numa via de intenso tráfego. Em parceria com a prefeitura, o Governo do Estado tem auxiliado na manutenção da estrada – que foi alargada em dois metros para atender a demanda do turismo e da produção, incluindo a bacia leiteira – e das pontes de madeira.

Na semana passada, a empreiteira deu início à pavimentação do trecho, começando pela Avenida Mateus Muller, na área urbana da cidade. A pista dupla terá largura de 10 metros, enquanto a pista simples, oito metros. O total de pavimentação em CBUQ é estimado em 14.150 metros quadrados. A presença do Governo do Estado já muda o cenário urbanístico local, com dezenas de imóveis em construção e valorização imobiliária.

VEJA TAMBEM

MAIS LIDAS