A Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab), e a prefeitura de Bataguassu, assinaram 64 títulos de contrato, beneficiando famílias através do Programa FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) Subsidiado.

Destinado a famílias com renda de R$ 1.350,00 até R$ 1.480,00, o programa entregará unidades habitacionais com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço com acessibilidade. A infraestrutura básica também é garantida. O mesmo se encontra na segunda etapa de serviços.

Casa sendo construída no Residencial Jardim São Pedro
As moradias estão sendo construídas numa área localizada no Bairro Residencial Jardim São Pedro e fazem parte da parceria firmada entre Estado e Município. Para a diretora-presidente da Agehab Maria do Carmo Avesani Lopez, isso é sinal de que o poder público se compromete com a dignidade humana. “Nós nos unimos em decorrência da família”, esclareceu.

“Vocês vão pagar menos na prestação do que pagam de aluguel e vão estar pagando uma própria, de vocês”, completou Maria do Carmo, falando da vantagem conquistada após a assinatura.

No sentido figurado, a auxiliar geral Roseane Cristina Scaliente, relatou que o sonho da casa própria foi uma batalha na qual se saiu vencedora. Agora a mãe do Antônio Gabriel, de sete anos, e do Arthur Vieira, de seis meses, só quer investir na casa para assegurar o futuro de sua família.

“É um sentimento enorme de ter a casa própria. Eu estava lutando há anos porque o meu salário nunca era aprovado, mas com o FGTS Subsidiado as coisas mudaram. O programa baixa bem o valor da casa e as prestações, o que permitiu chegar onde eu cheguei e a realizar esse sonho”, celebrou Roseane.

A felicidade tomou conta de todos os presentes, e fez o prefeito de Bataguassu, Akira Otsubo, considerar o momento como “um grande ato”!

Família assina o contrato e realiza mais um sonho
Além do representante maior do município, de Maria do Carmo Lopez e das famílias contempladas, estiveram presentes a vice-prefeita, Zélia Bonfim das Virgens; o gerente da Caixa Econômica municipal, Almir Mortean Flores; e o coordenador de obras da VBC Engenharia Carlos Busanelli